Este artigo foi publicado originariamente na língua alemã na revista: “Studium Integrale Journal”. 17. Jahrgang/Heft 1, Maio 2010, pp 3-15, de nossa congênere “Wort und Wissen”.

No que diz respeito ao desenvolvimento do motor bacteriano, existe atualmente uma lacuna explicativa relevante na pesquisa evolutiva. Talvez seja concluída algum dia por dados futuros ou teorias plausíveis. Todavia, também poderia gerar um problema fundamental: talvez a origem do motor bacteriano no contexto da pesquisa científica, em princípio, não possa ser explicada. Uma decisão empírica entre essas alternativas atualmente não é possível. Independentemente de qual das alternativas se possa preferir, essa lacuna explicativa motiva mais pesquisas em biologia evolutiva. Por esta razão, as observações neste artigo não devem, de forma alguma, ser entendidas como conclusões finais, mas como contribuições para uma discussão construtiva.

Leia o artigo completo em formato PDF.

Autor

  • É biólogo formado pela Universidade de Constança, onde doutorou-se em Fisiologia Vegetal, e desde 1991 é professor de Microbiologia da Universidade Técnica de Munique, Weihenstephan, onde é Diretor do Centro de Pesquisa em Nutrição e Alimentos. É coauthor do livro “Eolução – Um Livro-texto Crítico, traduzido e publicado no Brasil pela SCB.